Espanha se despede de Alfredo Pérez Rubalcaba

Ex-vice-presidente e Ministro de Educação tinha 67 anos e estava internado desde a última quarta-feira em decorrência de um acidente vascular cerebral. Faleceu esta tarde no hospital Puerta de Hierro de Majadahonda, em Madri.

Rubalcaba foi um nome de importância destacada na política espanhola. Professor de química em diferentes universidades, manteve em sua trajetória forte preocupação com campo da educação. Filiou-se ao Partido Socialista Obrero Español em 1974, ainda nos tempo de estudante na Universidade Complutense de Madri – mesma instituição pela qual doutorou-se. Em 82 ingressa na vida política, durante o primeiro mandato de Felipe González, ocupando diferentes cargos ligados a educação, chegando ao Ministério de Educação e Ciência dez anos depois.

Sob sua atuação a Espanha realizou importantes medidas, como a Ley de Reforma Universitaria, que reconhecia as universidades como um serviço público; e a Ley de Ordenación General del Sistema Educativo, que remodelou o sistema de ensino no país – substituindo a lei vigente desde o governo Franco. Na metade da década de 90 participa do Comitê Federal do PSOE, semente do que viria a ser a construção da campanha e posterior vitória do partido nas eleições de 2004, com José Luis Rodríguez Zapatero – legislatura na qual também elegeu-se deputado e foi porta-voz do grupo parlamentar socialista no Congresso. Em 2006 é nomeado Ministro de Interior, cargo que ocupou por cinco anos e de onde negociou o cessar-fogo do grupo terrorista ETA.

Nas eleições de 2011 é escolhido candidato a presidente do governo pelo PSOE, pleito no qual o Partido Socialista sai derrotado pelo Partido Popular. Abandona a vida política em 2014, após os maus resultados de seu partido nas eleições anteriores, renunciando seu assento no Congresso de los Diputados. Finda a carreira política, retorna à vida acadêmica, lecionando química na Universidade Complutense de Madri.

Mais trechos da entrevista concedida por Rubalcaba a Manuel Campo Vidal para a série “40 anos de democracia”, exibida pelo History Channel, podem ser conferidos na página especial de Next Educación Alfredo Pérez Rubalcaba: fragmentos inéditos de la entrevista de Manuel Campo Vidal.

Deja un comentario